Secretaria do Ambiente apresenta ações de ecocidadania

Sandra Hoffmann

Semana do Meio Ambiente da PUC tem projetos como EcoModa e plantio de Mata Atlântica

Foto Luiz Morier

Foto Luiz Morier

Ao participar hoje (02/06) da solenidade de abertura da XIX Semana de Meio Ambiente da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, falou sobre os projetos da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) que levam cidadania e incentivam o empreendedorismo em comunidades pacificadas do Rio.

Dentre essas iniciativas, o secretário destacou o Projeto Fábrica Verde, que transforma lixo eletrônico em inclusão digital, gerando emprego e renda para moradores. O projeto capacita jovens do Complexo do Alemão e da Rocinha em montagem e manutenção de computadores usados. A cada três máquinas doadas, os alunos montam um computador, que é instalado em telecentros comunitários.

“Quando lançamos a Fábrica Verde na comunidade pacificada da Rocinha, a PUC montou um ponto de coleta para receber lixo eletrônico. Então, essa parceria com a PUC foi importante para ajudar esse projeto. O Fábrica Verde é desenvolvido, atualmente, nas comunidades pacificadas do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, e na Rocinha. A comunidade do Salgueiro, na Tijuca, será a próxima a receber o projeto”, destacou Minc.

Além deste, outros projetos desenvolvidos pela SEA são: EcoModa, voltado para a capacitação de moradores em técnicas de corte e costura, modelagem, bordado, desenho e ilustração de moda e estamparia, com foco no reaproveitamento e reutilização de materiais; EcoBuffet, de capacitação de moradores em aproveitamento integral de alimentos, culinária, empreendedorismo e educação ambiental; e Comunidades Verdes, voltado para a capacitação em técnicas de cultivo de mudas e de plantio, com ênfase em ações de produção de plantas ornamentais, de paisagismo e de reflorestamento.

Minc ressaltou que a SEA participará da Semana de Meio Ambiente da PUC com várias atividades, dentre elas, o lançamento de um ponto de coleta de jeans usados, que servirão de matéria-prima para o EcoModa, e um desfile com acessórios e roupas confeccionados com material reciclável produzidos por este projeto.

Ao destacar que a SEA está apoiando a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá em julho, na parte da mobilidade e no contato com as cooperativas de catadores de material reciclável, Minc afirmou que o Governo do Estado solucionou dois focos de poluição na região onde será realizada a JMJ.

“Nesta semana, estaremos entregando o terreno onde funcionou a Ingá Mercantil, em Itaguaí, completamente recuperado. Tratava-se de um grave passivo ambiental que contribuía para a degradação da Baía de Sepetiba. O outro ponto é que conseguimos obrigar a Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA), sediada em Santa Cruz, a fazer o enclausuramento de seu poço emergencial. Isso acabou com a chamada chuva de prata que afetava a região”, explicou o secretário.

FRENTE PRÓ-JUÇARA

Na solenidade de abertura da XIX Semana de Meio Ambiente da PUC/RJ, foi lançados a Frente Pró-Juçara, iniciativa apoiada pela SEA que tem o objetivo de repovoar a Mata Atlântica com a palmeira Juçara, promovendo a exploração sustentável de seu fruto, e o Guia Ecológico Jornada Mundial da Juventude, com dicas de como preservar o meio ambiente, e que será distribuído para os jovens que participarão do encontro.

Dentre as metas da Frente Pró-Juçara, estão o plantio de 10 milhões de palmeiras juçara para exploração sustentável do fruto até 2016, de forma a auxiliar o Estado do Rio de Janeiro a cumprir o compromisso olímpico de plantar 24 milhões de espécies nativas da Mata Atlântica até as Olimpíadas de 2016; e converter palmiteiros em plantadores de juçara e em coletores legalizados do seu fruto.

PARTICIPAÇÃO DA SEA

Na quinta-feira 6 de junho, a partir das 15h, a SEA promoverá um desfile pelo campus da PUC de modelos com roupas e acessórios confeccionados a partir de material reciclável, por meio de seu projeto EcoModa.

Na sexta-feira 7 de junho, no encerramento da XIX Semana de Meio Ambiente da PUC/RJ, haverá plantio de mudas, entre 12h30 e 14h30, coordenado pela equipe do Projeto Comunidades Verdes, com o objetivo de compensar as emissões de gás carbônico geradas durante o evento.

Foto Luiz Morier

Foto Luiz Morier

Anúncios