FÁBRICA VERDE FORMA NOVOS ALUNOS NA ROCINHA

Projeto nessa comunidade pacificada totaliza 360 moradores já qualificados em reciclagem de computadores

Ascom SEA

Sandra Hofmann

Foto: Luiz Murier

Foto: Luiz Murier

 Importante iniciativa da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA), que transforma lixo eletrônico em inclusão digital, o projeto Fábrica Verde formou hoje (14/6) sua terceira turma – com 120 alunos – na Rocinha, na Zona Sul do Rio, totalizando 360 pessoas já qualificadas desde que foi inaugurado nessa comunidade pacificada, em maio de 2012.

O Projeto Fábrica Verde está implantado há mais de um ano na Rocinha, e há cerca de dois anos no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. O objetivo é promover a capacitação profissional em montagem e manutenção de computadores e a conscientização ambiental de jovens e adultos nas comunidades pacificadas do Estado do Rio de Janeiro. Em média, a cada três máquinas doadas por moradores e empresas, os alunos montam um computador, que acaba instalado em telecentros comunitários.

Desde seu lançamento, a Fábrica Verde já capacitou cerca de mil pessoas em ambas as comunidades. O Salgueiro será a próxima comunidade a receber o Projeto Fábrica Verde, no início de julho.

Ao participar da cerimônia de formatura, na Biblioteca Parque da Rocinha, o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, comemorou a formatura dos alunos e destacou que 1.300 computadores já foram entregues para as comunidades.

“Além da Fábrica Verde, nós estamos desenvolvendo outros projetos de inclusão social que visam a levar cidadania e a incentivar o empreendedorismo em comunidades pacificadas: o EcoModa, que oferece capacitação nas áreas de costura, modelagem, desenho e ilustração de moda e estamparia, com foco no reaproveitamento e utilização de materiais usados de vestuário; o EcoBuffet, de capacitação em aproveitamento integral de alimentos, culinária, empreendedorismo e educação ambiental; e o Comunidades Verdes, de capacitação em técnicas de recobrimento vegetal de muros e fachadas residenciais e encostas desprovidas de vegetação, reflorestamento e implantação de hortos comunitários”, disse o secretário.

A superintendente de Território e Cidadania da SEA, Ingrid Gerolimich, disse que, aproximadamente, 25% dos jovens qualificados na Rocinha foram inseridos no mercado de trabalho. Ela também falou sobre a possibilidade de Angola, no continente africano, “importar” o projeto Fábrica Verde. Ingrid viajou para Luanda, capital de Angola, onde expôs o projeto na Feira Internacional de Luanda sobre Novas Tecnologias Ambientais.

“No momento, eles estão fazendo um diagnóstico a fim de definir quais as comunidades que serão beneficiadas, e quantos alunos. Esse levantamento deverá durar aproximadamente dois meses”, disse Ingrid Gerolimich.

A entrega dos certificados dos alunos da Rocinha ocorreu em clima de festa: a cerimônia contou com apresentação de grupos culturais da Rocinha como a companhia de dança Sonhos de Uma Noite e do grupo Ojuobá Axé.

Morador da Rocinha, Éricles Muniz, 16 anos, foi um dos alunos qualificados pelo curso: “Procurei o curso para aprender uma profissão, pois quero ingressar logo no mercado de trabalho. Como gosto de mexer com computador, quis unir o útil ao agradável”, disse o estudante do ensino fundamental.

As turmas da Fábrica Verde são trimestrais, reunindo 120 alunos, que recebem uma bolsa mensal no valor de R$ 120 cada. Só podem se inscrever pessoas que tenham a partir de 16 anos e que estejam cursando ou tenham terminado o ensino médio. A cada 120 jovens capacitados, seis são selecionados para atuar como monitores no projeto, com remuneração inicial de R$ 600 mensais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s