GOVERNO DO ESTADO RECUPERA BACIA DO RIO IMBOAÇU EM SÃO GONÇALO

Obras de saneamento, que vão beneficiar 200 mil moradores, foram vistoriadas pelo secretário do Ambiente e pela presidente do Inea

Ascom SEA

»Sandra Hoffmann

Imboacu

Foto: Luiz Morier

O Município de São Gonçalo está recebendo cerca de R$ 140 milhões – recursos do PAC, do Governo Federal, e do Fecam, do Governo do Estado – em investimentos para a recuperação ambiental da Bacia do Rio Imboaçu. As obras, a pleno vapor desde o final de 2012, foram vistoriadas hoje (27/6) pelo secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, pela presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marilene Ramos, e pelo prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim.
As obras seguem o padrão adotado no projeto de recuperação ambiental dos rios Iguaçu, Sarapuí e Botas, na Baixada Fluminense, que inclui não só a prevenção de cheias, com dragagem e urbanização do entorno dos rios, mas também a realocação de moradores que vivem em áreas com risco de inundação.
A cargo do Inea, as intervenções em São Gonçalo incluem medidas conjugadas de desassoreamento das calhas, para aumentar a capacidade de escoamento das águas e, consequentemente, minimizar os riscos de transbordamento; de saneamento, com a construção e recuperação dos sistemas de coleta e tratamento de esgotos, incluindo estações, canalizações e elevatórias; e de reassentamento de moradores de áreas onde há risco de alagamentos.
As medidas de infraestrutura serão combinadas com ações de educação e conscientização ambiental como, por exemplo, a coleta seletiva do lixo para evitar que o rio volte a ser poluído depois de recuperado.
Após visitar o canteiro de obras, no bairro Boaçu, Minc e Marilene Ramos percorreram as obras em um trecho do Rio Imboaçu, onde foram recebidos pelo prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim.
Ao percorrer o trecho onde as obras estão sendo realizadas, o secretário Carlos Minc disse que o projeto foi aperfeiçoado, o que permitiu ampliar de 4,5 km para 8,2 km a extensão do rio que receberá intervenções de macrodrenagem. Além disso, foi reduzido de 800 para 320 o número de reassentamentos, o que representará uma economia da ordem de R$ 20 milhões, e foi incluída a construção de uma bacia de contenção.
“A secretaria e o Inea resolveram priorizar São Gonçalo: avançamos na questão do lixo, vamos fazer uma nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no Alcântara e vamos trabalhar nas bacias dos dois rios mais importantes, o Imboaçu e o Alcântara, seguindo o padrão adotado no Projeto Iguaçu. O projeto inicial foi aperfeiçoado, mantendo-se o mesmo investimento. As obras estão orçadas em R$ 85 milhões, mas, incluindo desapropriações, reassentamento e construção de unidades habitacionais, chegará a R$ 140 milhões, com recursos do PAC, do Governo Federal, e do Fecam, do Governo do Estado. Também vamos instalar aqui um parque fluvial”, disse Minc, acrescentando que a previsão é de que as obras sejam concluídas no final do 1º semestre de 2014.
A presidente do Inea, Marilene Ramos, destacou que a Bacia do Rio Imboaçu é crítica no Município de São Gonçalo por ser extremamente populosa.
“O rio corta o centro de São Gonçalo, e sua bacia fica em área muito populosa. Então, como havia muitas famílias vivendo junto às margens do rio, o projeto inicial previa uma desapropriação, com reassentamento de 800 famílias. Agora, na elaboração do projeto executivo, buscamos estudar melhor a questão, o que nos permitiu reduzir o reassentamento para 320 famílias. É uma obra que busca, além de aumentar a largura do rio, proteger suas margens e realocar as pessoas que vivem em área com risco de inundação. Dos R$ 140 milhões, R$ 85 milhões são recursos do PAC, do Governo Federal, e R$ 55 milhões são do Fundo Estadual de Conservação Ambiental (Fecam)”, afirmou Marilene.
Ao acompanhar o secretário Carlos Minc e Marilene Ramos na vistoria, o prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim, comemorou as intervenções, destacando a importância da parceria com o Governo do Estado: “Essas obras representam melhoria da qualidade de vida dos moradores de São Gonçalo. Agradecemos ao Governo do Estado por esta iniciativa tão importante para a nossa cidade”, disse.
Foto: Luiz Morier

Foto: Luiz Morier

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s