SECRETARIA DO AMBIENTE PROMOVE RECICLAGEM DE ÓLEO DE COZINHA USADO EM ESCOLAS

Com apoio crescente de restaurantes e condomínios, programa para transformar óleo vegetal em biodiesel e sabão chega a dez colégios públicos

Ascom SEA

» Rodrigo Burgos

Foto: Luiz Morier

Foto: Luiz Morier

Com a distribuição de funis e a instalação de um ecoponto para o recolhimento de óleo de cozinha usado, no Colégio Estadual Brigadeiro Schorcht, na Taquara, a Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) lançaram hoje (18/11) o Programa Prove nas Escolas.

O Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal (Prove) visa a estimular a cadeia da reciclagem de óleo de cozinha usado como matéria-prima na produção de biodiesel e de sabão.

Contando com o apoio crescente de restaurantes, hotéis e condomínios, entre outros, o Prove está chegando agora nas escolas públicas: inicialmente, dez colégios se tornarão ecopontos de recolhimento de óleo vegetal.

O Prove incentiva a criação de cooperativas, coleta seletiva e a geração de trabalho e renda para os coletores organizados em cooperativas, fornecendo logística, material de divulgação, frota para recolhimento e sensibilização política e social.

Atualmente, são recolhidos mensalmente cerca de 400 mil litros de óleo vegetal por 45 cooperativas de catadores cadastradas no Prove. Segundo o coordenador do Prove, Eduardo Caetano, a chegado do programa nas escolas é uma grande referência em termos de educação ambiental para os alunos:

“As escolas são uma grande fonte de estímulo para o Prove, já que por elas passam todas as fontes de informação e educação. Com a chegada do Prove nessas escolas, os alunos ganham uma grande ferramenta de educação e consciência ambiental. O óleo é um dos inimigos mais danosos que o meio ambiente tem, pois é muito silencioso, não faz barulho. Só percebemos o dano que provoca quando a poluição já está consumada“, disse Caetano.

Para Gustavo Alves, de 18 anos, que cursa o 3º ano do ensino médio no Brigadeiro Schorcht, a chegada do Prove significa um novo olhar ambiental para os alunos e os moradores do entorno da escola:

“É um enorme benefício que nós, alunos, estamos ganhando. Muitos de nós, tanto no colégio como em casa, não sabíamos o que fazer com um simples resto de óleo. E com a chegada do Prove ao nosso colégio, passamos a ter um novo olhar ambiental, voltado para a reciclagem do óleo e dos cuidados com o meio ambiente”, afirmou.

O Colégio Estadual Brigadeiro Schorcht foi escolhido para a instalação do primeiro ecoponto devido ao seu simbolismo: três dos seus professores, movidos pelo desejo de motivar seus alunos a enfrentar desafios na vida estudantil e profissional, modificaram uma antiga Mercedes-Benz movida a diesel para que funcionasse à base de óleo vegetal.  Com o veículo, realizaram uma verdadeira jornada pela América do Sul.  Batizada de Jornada da Estrela, a expedição – iniciada em janeiro deste ano –  levou os professores Gilmar Guedes, Marco Aurélio Berao e Robson Macedo a percorrer 22.720 quilômetros. Deste total, 8 mil foram abastecidos com o combustível alternativo.

 

Num efeito demonstrativo das potencialidades do uso de óleo de cozinha reciclado na produção de biodiesel, as escolas que aderiram ao Prove servirão de pontos de parada e abastecimento do carro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s