Secretaria do Ambiente lança Campanha Natal da Eletrorreciclagem 2013

Em seu quarto ano, iniciativa de educação ambiental já promoveu o recolhimento de 20 toneladas de lixo eletroeletrônico

Ascom SEA

Rodrigo Burgos

Foto: Luiz Morier

Foto: Luiz Morier

Com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de se evitar o descarte inadequado de equipamentos eletroeletrônicos que contêm substâncias tóxicas – o que contamina o ambiente e compromete a saúde –, a Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) lançou hoje (21/11), pelo quarto ano consecutivo, a Campanha Natal da Eletrorreciclagem.

 

A campanha deste ano, que vai até 20 de dezembro, foi lançada pelo secretário do Ambiente, Carlos Minc, no mezanino da estação do metrô da Carioca, no Centro do Rio. Agentes da SEA e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) distribuíram panfletos com informações sobre a campanha para passageiros do metrô.

 

A campanha deste ano contará com seis postos de coleta espalhados pela cidade, que funcionarão de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Em sua quarta edição anual, a Campanha Natal da Eletrorreciclagem já promoveu até agora a coleta de cerca de 20 toneladas equipamentos eletroeletrônicos fora de uso.

 

Durante a cerimônia de lançamento, que contou com cartazes e containers para o depósito de aparelhos usados trazidos por passageiros do metrô, o secretário do Ambiente destacou as vantagens ecológicas da campanha:

 

“Em época de Natal, a maioria das pessoas compra coisas novas e fica sem saber o que fazer com as velhas. A campanha ajuda no descarte desses objetos antigos, sem uso, que se, não tiverem a destinação correta, podem acabar contaminando a água, solo e o lençol freático com seus metais pesados, como zinco, chumbo e cobre”, afirmou.

 

Minc ressaltou a importância da reciclagem desses materiais no Projeto da Fábrica Verde, em que a SEA capacita jovens em montagem e manutenção de computadores:

 

“Quando computadores velhos são doados, eles são transformados em um novo, que é encaminhado, automaticamente, para as Fábricas Verdes. Com isto, transformamos lixo eletrônico em inclusão digital”, explicou.

 

Segundo a superintendente de Território e Cidadania da SEA, Ingrid Gerolimich, os equipamentos coletados serão de suma importância para os jovens das Fábricas Verdes: “Agora não tem mais desculpa para não se fazer a destinação correta. O material arrecadado servirá como matéria-prima e insumo para que os jovens do projeto aprendam um ofício”.

 

Segundo o gerente de Relações Institucionais do Metrô Rio, Luiz Fernando Mello, a campanha tem um viés extremamente importante, pois o metrô pode desempenhar um grande papel na propagação da conscientização ecológica.

 

“Como um grande meio de transporte que recebe cerca de 650 mil pessoas por dia, o metrô é um polo importantíssimo para disseminar, através do Natal da Eletrorreciclagem, a consciência ambiental nas pessoas”, afirmou.

 

Aqueles que tiverem aparelhos eletroeletrônicos usados, como televisores, DVDs, computadores, teclados, celulares e carregadores, poderão deixá-los, das 8h às 18h, nas estações do metrô da Carioca, Pavuna e Siqueira Campos, na sede da Prefeitura do Rio, na Cidade Nova, e nas unidades da Fábrica Verde do Complexo do Alemão (Avenida Itaoca, nº 1961, em Bonsucesso) e da Rocinha (Estrada da Gávea, 486/fundos, Bloco 20).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s