Secretaria de Estado de Educação desiste de acabar com cursos profissionalizantes

Ações articuladas pelo deputado Carlos Minc impediram a extinção de aulas em 35 escolas públicas espalhadas pelo Rio de Janeiro

kenny

A Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro recuou, desistindo de suspender as inscrições para os cursos técnicos e profissionalizantes de 35 escolas públicas espalhadas pelo território fluminense. O recuo – em benefício de centenas de alunos – ocorreu após ações articuladas pelo presidente da Comissão Especial pelo Cumprimento das Leis da Alerj, deputado Carlos Minc.

Desde a semana passada, quando chegaram ao gabinete do deputado as primeiras denúncias sobre a extinção dos cursos, Minc passou a agir em defesa de estudantes e professores. Em primeiro lugar, decidiu solicitar ao Ministério Público que ajuizasse ação civil na Justiça, com pedido de liminar, para garantir a continuidade das aulas e a eficácia dos créditos obtidos até o momento; sem prejuízo para os alunos em formação.

Hoje (20/5), Minc tomou conhecimento de circular da Secretaria de Estado de Educação, enviada para as direções dessas escolas, anunciando a reversão da decisão e permitindo a abertura de matrículas para os cursos.

“A resistência dos alunos, das representações que fizemos e da audiência pública promovida na Alerj para discutir a questão provocaram a recuo da secretaria”, diz Minc, que chegou inclusive a enviar mensagem para o governador Luiz Fernando Pezão, advertindo-o do problema, da injustiça e do desgaste que isso provocaria para o governo.

A primeira denúncia chegou ao gabinete de Minc por parte de alunos e professores do Curso de Técnico em Meio Ambiente do Colégio Estadual Presidente Kennedy, no Município de Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Embora as vagas dos cursos das 35 escolas serão mantidas, quanto a este curso do Colégio Presidente Kennedy, a Secretaria de Educação informou, na circular, que o número de vagas passará de 120 para 40.

Por isso, o gabinete do deputado Carlos Minc vai manter contatos com a direção da escola para que os pedidos de inscrições para o curso do segundo semestre sejam respeitados. A direção da escola vai reunir os pedidos de inscrição para apresentar para a secretaria a real demanda para este curso, no semestre que vem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s