Teste de benzeno revela grande risco de contaminação dos frentistas

Será medida a concentração de benzeno no ar. Encher o tanque até a boca multiplica por dez o risco de câncer e leucemia

 

Quando: terça-feira (10/6/2014); às 10h30

Onde: Posto Ipiranga (entre as esquinas das Ruas Mena Barreto e São João Batista, em Botafogo)

Será realizada uma medição precisa e instantânea da concentração de benzeno no ar, em um posto de combustíveis da Zona Sul do Rio. É comum o cliente pedir ao frentista que complete o tanque, que ultrapasse o limite do automático. Segundo o Programa de Segurança Química das Nações Unidas, a exposição continuada ao benzeno causa leucemia e câncer no fígado.

“O benzeno é a 5ª substância de maior dano à saúde dos trabalhadores. Entramos com dois projetos: a Lei Anti-Benzeno, que proíbe o uso e a comercialização de gasolinas que contenham benzeno, e o que proíbe um veículo de ser abastecido após acionada a trava de segurança da bomba, para evitar a super exposição do frentista à substância cancerígena ”, disse Minc.

Participarão da medição sindicalistas do Sinpospetro – sindicato dos trabalhadores de postos de combustíveis -, médicos e especialistas da Fiocruz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s