Esgoto tratado em Volta Redonda, Barra Mansa, Paraty e Angra

Com investimentos do Fecam (Fundo Estadual de Conservação Ambiental), avançamos com o saneamento em Volta Redonda, onde o tratamento de esgoto passou de 10% para 50% da população, e em Barra Mansa, onde 65% dos seus habitantes passaram a ser atendidos por esgoto tratado – obras que beneficiaram também as águas do Rio Paraíba do Sul!

Para despoluir o Rio Preto, construímos três estações biológicas (ETEs) em Visconde de Mauá, em Resende, e Maringá e Maromba, em Itatiaia. Reforçamos o turismo sustentável com a implantação de estrada-parque e o Parque Estadual da Pedra Selada, com 8 mil hectares.

No Sul do estado, apoiamos também a modelagem e o financiamento com a Prefeitura de Paraty para o saneamento ambiental completo e o abastecimento de água potável no centro histórico. Não teremos mais Flip no cocô, e Paraty receberá o sonhado título de Patrimônio da Humanidade.

Na Ilha Grande – um paraíso ecológico que não tinha qualquer saneamento – estão avançando as obras de tratamento de esgoto em Araçatiba e Provetá, e sendo iniciadas no Abraão, com recursos do Prodetur.  

Assista ao vídeo aqui

minc - sul

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s