Usuário do metrô não perde mais crédito de cartão unitário não utilizado

Direção da Agetransp garantiu direito após ser interpelada pelo presidente da Comissão do Cumpra-se! da Alerj, deputado Carlos Minc

O presidente da Comissão pelo Cumprimento das Leis da Alerj, deputado Carlos Minc, cobrou solução da Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) para problema que prejudicava o usuário do metrô que adquiria um cartão unitário (que dá direito a uma viagem): em 78 horas, caso não utilizasse o cartão, o usuário perdia o crédito existente.

O problema foi resolvido. Foi publicado no Diário Oficial resolução da Agetransp estabelecendo que o valor creditado no cartão unitário será válido até o reajuste da tarifa correspondente. Além disso, mesmo após o reajuste da passagem, o usuário poderá optar por receber o crédito disponível ou pagar a diferença correspondente ao valor reajustado da passagem, para continuar assim tendo direito ao seu cartão.

E para que esse direito seja perene – e não apenas tema de uma resolução –, Minc continua com projeto de lei, tramitando na Alerj, que garante o direito do usuário de manter o crédito não utilizado de seu cartão unitário.

Resolução AGETRANSP nº 33 de 14 de julho de 2016

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s